sábado, 30 de junho de 2012

MENSAGEM DE SÃO MIGUEL ARCANJO




Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.

Bem amados Filhos da Luz e bem amadas Sementes Estelares, comunguemos.

Nesse dia nós celebramos, com vocês, os mecanismos que permitem levar a efeito sua Ascensão.

A Luz Azul instala-se sobre a Terra.
A aurora do novo dia, anunciada pela Fonte, chegou.

A hora chegou de ouvir o Canto da Terra e o Canto do Céu.

O conjunto das Forças da Confederação Intergaláctica de Luz tornando-se acessível à sua Dimensão, está doravante entre vocês.

Em vocês se vive a cerimônia de sua elevação no Fogo.
A alquimia realizou-se.
A consciência de um número suficiente de humanos, a Consciência da Terra, vivendo sua liberação, torna possível a implementação final de seu nascimento.

Renascimento e Ressurreição.
Elevação e Ascensão.

O que seus olhos veem, o que seus corpos Vibram, o que sua consciência percebe é a Verdade.

A aurora do novo dia, portanto, levantou-se, em vocês e sobre esse mundo.

A hora da transmutação, da metamorfose chegou.

Viver na verdadeira Vida, liberados de qualquer entrave, de qualquer limitação, povo após povo, nação após nação, continente após continente, isso se executa.

Na hora em que as doze Estrelas da Terra e de suas cabeças inflamam-se, na hora em que a boca da Terra e o Fogo da Terra elevam-se, inteiramente, como um apelo para a Luz, a Luz ali respondeu.

A hora do acontecimento e do advento, a hora da ressurreição soou.

Os diferentes Cantos desta cerimônia, presentes em vocês como no exterior de vocês generalizam-se.

Então, nesse dia, eu, Arcanjo Miguel, religado a Cristo, digo-lhes: o momento chegou.

É claro, os humanos fechados na própria realidade tridimensional, não querendo ou não podendo, pelo momento, estabelecer-se na própria multidimensionalidade, nada veem do que está aí.

Vocês todos, Sementes de Estrelas, que vivem e Vibram, sabem que esse momento está aí.
Vocês realizaram a totalidade desse porquê vocês vieram.

No espaço que se estende entre esse dia terrestre e o último dia terrestre desta Dimensão, os sinais em vocês, os sinais da Terra e os sinais do Céu tornam-se onipresentes.

A consciência de cada humano tem apenas duas escolhas e unicamente duas escolhas: o medo ou o Amor.

Cada dia, cada sopro que se escoa no desenrolar do último Sopro da Terra nesta Dimensão propor-lhes-á, permanentemente, viver o medo ou o Amor.

Nós contamos com vocês, Filhos elevados e despertos ao Um, Vibrando em suas Coroas, para manifestar o Amor.

Seu Serviço, sua Doação representa agora o único objetivo de suas vidas, aqui como em outros lugares.

Paralelamente ao Canto da Terra e do Céu, o canto do medo eleva-se também.

De seu Amor decorrerá a vitória total, já assegurada, do Amor, mas, sobretudo, vindo apagar e transcender o canto do medo.

Como Sementes Estelares, vocês semearam e multiplicaram esta Terra e também as Dimensões Unificadas que esperam seu retorno.

Cada passo que vocês derem na Consciência Una, pela Vibração da Luz, será um passo para sua Presença.

O Canal do Éter concluído permite, doravante, para os mais avançados no próprio retorno, viver sempre os espaços de alinhamento que lhes são propostos e que lhes são oferecidos a vocês mesmos, na fusão total da personalidade e da Existência.

Vocês não têm mais, portanto, necessidade de levar a Atenção e a Intenção sobre os pontos de seus corpos.
Vocês têm apenas necessidade de viver a Fusão.
A Fusão dos Éteres, realizada no Céu e sobre a Terra é também a Fusão de seus próprios Éteres.

Fusão do efêmero e do Eterno em seu Coração, em sua cabeça e em cada uma de suas células, e em cada uma de suas partículas do Éter.

Doravante, o alinhamento far-se-á no acolhimento o mais simples: sem gesto, sem atenção colocada, exceto sobre os circuitos, eventualmente, ER-ER e AL-AL, de maneira muito breve.
Porque, muito rapidamente, vocês viverão, em seus espaços de alinhamento e nos espaços que lhes são oferecidos, a capacidade, bem real, para tornar-se, inteiramente, a Luz.
É assim que se realiza, para vocês, Filhos da Lei de Um, como para a Terra, a Ascensão.

Passagem de um estado ao outro, de uma forma à outra.
Transmutação e metamorfose.
Sua consciência vive isso, seu corpo vive isso, ao mesmo tempo que a Terra.

Os tempos a viver (seja entre 19 e 19 horas e 30 – hora francesa - ou nos tempos que vocês se oferecem) e também nos tempos que serão como que impostos pela própria consciência, vocês se permitirão identificar, inteiramente, ao que vocês são, de toda a eternidade: a Luz.

Nada mais do que é Sombra ou resistência poderá aflorar à sua consciência enquanto vocês se situam no Amor.

De sua qualidade de Amor e de Ser decorrerá, para seu ambiente, sua capacidade para ressoar na Vibração do Um, para começar a apagar-se.
O que morre é a morte.
O que nasce é a vida.

A cerimônia desse dia, pela Graça das doze Estrelas e da Luz Azul, torna possível, em vocês, a imersão total na Luz Branca da Unidade.

Cada passo que vocês derem na Luz Branca os fará transmutar e implicará na sua metamorfose total.
E nós os acompanhamos nesse caminho.

Os dias e as semanas de seu tempo Terrestre, deste dia até a intervenção precisa de Maria, que eu lhes darei, vão vê-los, individual e coletivamente, cada vez mais penetrar o mundo da Luz Una, afastando-os do medo, da Ilusão que se dilui.

A cerimônia da dissolução da Ilusão, pela graça da Luz Azul e o retorno de Cristo é agora encadeada.

Nada de contrário à Luz Una pode o que quer que seja, não pode se opor.
Porque nada há a opor à Luz, porque a Luz é o próprio Tudo na Ilusão que não poderia existir sem Luz alguma.

As percepções Vibratórias de sua consciência, de seus corpos, físicos como de Existência vão tomar posse da totalidade de sua consciência de personalidade.
Esse processo está a caminho.
Ele não sofre qualquer adiamento.

A Terra está pronta para estabelecer-se em sua nova Dimensão, com alguns de vocês.
Outros voltarão a ganhar a própria esfera estelar; outros serão acompanhados pelos Anjos do Senhor ou pelos povos que evoluem nos mundos Unificados Carbonados.

Doravante os Anjos do Senhor, aparecidos em três ondas sucessivas desde 29 de setembro do ano precedente, estão estabelecidos em sua Dimensão, sobre esta Terra, agindo e intervindo onde isso é necessário.
Isso está em curso atualmente, em múltiplos lugares.

O desenrolar desta Ascensão, sincrônico para toda a Terra, evolui, para os povos da Terra, em função do próprio solo onde vocês estão.
Contudo, as manifestações da Consciência Vibral Una vão se tornar sincrônicas para todos os humanos, Sementes de Estrelas, onde quer que estejam sobre o solo da Terra.

A Cerimônia que nós impulsionamos juntos, nesse dia, não pode mais acompanhar-se de qualquer volta atrás ou de qualquer regressão.
Tudo pode apenas progredir mais na Luz Una.

Somente alguns medos ou alguns egos, ainda presentes entre as Sementes de Estrelas podem gritar o inverso, pelo medo.
Mas mesmo esse medo, devido aos seus alinhamentos, vai enfraquecer.

A Fonte, a Ronda dos Arcanjos, o Cristo, Maria, as Estrelas, os Anciões, o conjunto das Forças da Confederação Intergaláctica dos mundos livres chamam-nos.
A Terra os eleva.

O que há a realizar é exato.
O que há a realizar é, simplesmente, estabelecer-se na Luz.

Quanto mais a Luz cresce, mais isso se tornará simples, ainda mais simples, ainda mais evidente, ainda mais flagrante, porque não haverá mais do que isso.

Somente o ego que morre poderá, mesmo entre as Sementes Estelares, tentar desviá-los, mas isso é em vão.

A abundância da Luz, o retorno da Luz Azul e da Luz Branca não permitirá distorcer o que quer que seja.

Vão na Paz, vão no Amor, é o que vocês são: Paz e Amor.

A totalidade das Cruzes, mutáveis e a da Redenção, doravante, para muitos de vocês, vai estabelecer-se para além de qualquer atividade de suas mãos, de seus gestos, de sua Atenção.

Vocês terão, portanto, unicamente que se estabelecer na Presença do Ser e na Vibração do Ser e todo o resto desaparecerá.

Somente persistirá a Luz Una de sua Verdade.

Nós estaremos, de maneira mais densa, presentes com vocês, nós, Arcanjos, o conjunto das Estrelas, o conjunto dos Anciões, presentes em vocês, em seus momentos de alinhamento comum e de Fusão individual e coletiva.

Nós os convidamos, portanto, o conjunto desses Filhos de Um, como vocês, a viver nossa Comunhão comum.

No espaço e no tempo de nossa reunião, de nossa junção, do mesmo modo que a Terra se junta ao seu Céu e se comunica com seu Céu, Canto de louvor, como o anunciou Uriel, que muitos de vocês ouvem agora.

De sua Alegria decorrerá a Alegria desse mundo em sua elevação e em sua Ascensão.

Somente o que resiste, em vocês como no coletivo, poderá ainda dar a ilusão da ausência de Alegria.
Tudo é apenas Alegria.

Para aqueles que ainda não a descobriram, vocês vão descobri-la muito rapidamente.

Maria, quanto a ela, voltará, precisamente, dando-lhes encontro em 27 de abril, às 22 horas [hora francesa – 17 horas em Brasília].

Naquele momento, a Fusão das Estrelas será total.
A percepção da Luz Una tornar-se-á, para muitos de vocês, seu quotidiano e sua Verdade, a única.

Eu repito, o conjunto das Forças Unificadas os convida para entrar em seu Coração e na Verdade, onde vocês não poderão ser impactados, de maneira alguma, pelas gesticulações do fim desse mundo, onde quer que vocês estejam.

Vocês viverão por si mesmos, e não mais como um conceito, a Inteligência da Luz e sua capacidade, o que quer que se manifeste, para manterem-se em seu seio.

Nós vivemos precisamente, agora, a descida, em vocês, do Arcanjo Metatron.
Pela constituição da Presença dele em vocês, Canal do Éter, Canal de Luz Branca, vocês religaram as Dimensões e os Planos.

Juntos, comunguemos e honremos nossa Unidade e Metatron.

Assim, o Templo do Coração desperta Cristo.

... Efusão Vibratória...

A partir desse dia, às 19 horas, até 19 horas e 30 [hora francesa], o conjunto das Consciências dos mundos livres fusionará em vocês.

A plenitude de sua própria vacuidade aparecer-lhes-á, a cada dia, com mais esplendor e nudez.

Guardem presente em seu Coração que a única coisa a conscientizar e a concretizar é seu Ser, sua Existência, sua Unidade.

Nesse dia cerimonial de nossa Fusão, eu proclamo e aclamo o retorno da Lei de Um, nesse mundo e em suas Consciências.

... Efusão Vibratória...

Se existe em vocês aqui interrogações concernentes, de maneira exclusiva, ao que acabo de aclamar, então eu os escuto.

Não temos perguntas, agradecemos.

Bem amadas Luzes, bem amadas Estrelas, em nome de nós todos e em meu nome, que a Graça se estabeleça nesse dia e para a Eternidade.

Vão na Paz, porque vocês são a Paz.
Vão no Amor, porque vocês são o Amor.

Bênção.

Eu lhes digo e nós lhes dizemos todos, como é o caso cada vez mais numerosos, até as 19 horas (espaço de alinhamento descrito na rubrica «protocolos» - hora francesa), no acolhimento o mais nu e simples, eventualmente ajudando-se, nos primeiros minutos, da atenção sobre ER-ER e AL-AL, mas vocês constatarão, se não a partir dessa noite nas próximas noites e em função da ativação efetuada de suas Cruzes mutáveis, a Verdade de nossa Comunhão total na Luz.

Até breve.

___________________
Compartilhamos estas informações em toda transparência. Obrigado por fazer do mesmo modo, se deseja divulgá-lo, reproduza a integralidade do texto e cite sua fonte: www.autresdimensions.com.